Como TRIPLICAR sua taxa de conversão sem tocar no Adwords ou na Landing Page

Como TRIPLICAR sua taxa de conversão sem tocar no Adwords ou na Landing Page

Como TRIPLICAR sua taxa de conversão sem tocar no Adwords ou na Landing Page

Aqui na Sigu, a gente fala bastante sobre como otimizar a conversão das suas landing pages. Você pode conferir diversos posts nossos sobre marketing digital, voltados para esse propósito exclusivo logo abaixo:


Aqui: Otimizando a taxa de conversão de uma Landing Page
Aqui: 4 dicas infalíveis para aumentar a conversão de leads
Esse aqui é ótimo: Entenda como vender muito pela internet em 6 passos (o 4 é importantíssimo)!

E se você não sabe o que são Landing Pages, eu recomendo você parar tudo o que estiver fazendo neste momento e ler esse artigo aqui (é sério, vai mudar completamente a forma como você enxerga o marketing digital da sua empresa):

Landing pages: veja como elas podem multiplicar sua geração de leads

 

Tá. Voltando ao post. Como eu ia dizendo, a gente fala bastante sobre CRO (otimização de taxa de conversão) e como ela é extremamente importante para a sua estratégia de landing pages e do seu site, em geral.

Basicamente, a sua taxa de conversão é a razão entre o número de pessoas que acessam o seu site X o número de acessos que realizam uma "conversão" para a sua marca.

O que você considera uma conversão em seu site, pode variar desde uma venda a até mesmo um preenchimento de um formulário. Se 1000 pessoas acessaram o seu site e 50 delas se cadastraram em um formulário de newsletter, a taxa de conversão do seu formulário de news é de 5%.

O importante aqui é saber que: Quando os seus acessos são orgânicos, uma taxa de conversão alta é uma ótima oportunidade de aumentar os seus lucros. Quando seus acessos são pagos (adwords, facebook ads, links patrocinados em geral), uma taxa de conversão baixa significa que você está jogando dinheiro pela privada. Daí a importância de se preocupar bastante com essa métrica e realizar ajustes constantes para mantê-la em um valor satisfatório.

Dando uma lida em meu Feed de notícias sobre marketing digital, me deparei com um case do Wordstream muito bacana, que explica como eles aumentaram em 3x (sim, TRIPLICARAM) as suas taxas de conversão sem precisar fazer NENHUM ajuste na sua campanha de Remarketing no Google Adwords (RLSA) ou mesmo na própria landing page.

Gráfico que mostra como eles reduziram o custo por conversão em 1/3

 

Essa afirmação imediatamente despertou a minha curiosidade. Ora, se você não faz ajustes na campanha de anúncios (que trazem acessos ao site) e não faz ajustes na página de destino desses anúncios (que é onde ocorre a conversão), onde está o fator responsável pela triplicação da taxa de conversão da página?

Onde está o pulo do gato, que permitiu essa empresa gerar o triplo de resultados, sem mudar nada na sua captação de acessos?

 

Entendendo a situação:

Quando o número de conversões triplicou, a primeira coisa que se conferiu foi o CPC das palavras-chave anunciadas reduziu de preço. Como o Custo Por Clique é calculado através de um leilão de concorrentes, a sua redução seria um fator externo que poderia gerar mais acessos com a mesma verba diária.

É simples: Mais acessos = Mais cadastros.

Como você pode ver abaixo, não foi o caso. O CPC permaneceu o mesmo, durante todo o tempo. Ou seja, a verba diária estava gerando o mesmo número de acessos para o site. 

 

 

De fato, os acessos permaneceram os mesmos no período, mas o número de conversões havia triplicado nos últimos meses! A taxa de conversão foi de 2% a 7% naquele intervalo de tempo, gerando mais conversões com a mesma verba investida!

 

 

Normalmente é muito difícil conectar a causa e o efeito de algumas flutuações nas métricas de um site, justamente pelo excesso de variáveis que podem interferir no panorama. Neste caso específico, como a empresa não tocou na Landing Page e muito menos na estratégia de cliques - as mesmas campanhas estiveram rodando durante meses sem nenhum ajuste - a razão só poderia ser um fator externo de extrema relevância.

 

Então, como essa bendita taxa de conversão triplicou tão rápido?


Depois de muito fuçar a campanha deles, AQUI está o pulo do gato: Durante este mesmo período, a empresa rodou uma outra campanha de Facebook Ads, bombardeando o público com videos, promoções e conteúdo institucional da empresa.

Tratou-se de uma campanha diferente da analisada (com outras métricas e acessos), mas voltada para a mesma empresa, focada em um público amplo (20 milhões de pessoas) dentro dos interesses demográficos da buyer persona da empresa.

Para se ter uma ideia, cada pessoa desse público, foi impactada cerca de 10 vezes com um anúncio daquela empresa entre Fevereiro e Outubro de 2017.

 

Qual a relevância disso?

Em uma palavra: BRANDING.

O poder do Branding!

 

A campanha de Facebook gerou uma impressão de marca tão forte na mente do público-alvo, que ao ser impactado novamente com a campanha de Remarketing do Google, essas pessoas tiveram uma receptividade muito maior do que o normal (300%, neste caso em específico), sendo mais suscetíveis a gerar uma conversão no site.

Isso significa que um trabalho de branding bem realizado, tem o poder de tornar TODAS as suas campanhas de CPC muito mais eficientes.

Sendo ainda mais claro, um trabalho de marca bem feito pode fazer você lucrar MAIS, gastando o MESMO, em todas as suas outras futuras campanhas de marketing digital!

Isso é especialmente útil para ressaltar a importância de se investir em uma boa gestão de redes sociais, como Facebook e Instagram. Muitas empresas não conseguem enxergar a importância de ter um conteúdo profissional e um trabalho estratégico na sua fanpage, por não conseguirem enxergar um retorno a curto prazo naquele investimento.

A verdade é que, mesmo que Social Media, em muitos segmentos, normalmente não tenha o objetivo DIRETO de te fazer vender mais, o Branding gerado por esta ferramenta é extremamente poderoso para intensificar os resultados de todas as suas outras ações de marketing digital.

O mesmo vale para E-Mail Marketing, Marketing de Conteúdo e mesmo ações offline. Uma boa impressão de marca tem poderes impressionantes no psicológico de seu público-alvo, o tornando muito mais suscetível a realizar uma ação em seu site.

Afinal de contas, você confia muito mais em comprar um produto ou cadastrar seus dados em um site conhecido do que em um site que você nunca viu na vida, não é mesmo?


Você sabia que a Sigu pode ajudar a sua empresa a ter mais e melhores resultados com a internet?

Solicite uma proposta



Autor:

Atua na área de Design, voltada para publicidade e marketing desde 2005, tendo seu foco voltado nos 6 últimos anos para a área de Internet, Websites e mídias sociais. Sócio e Diretor de Criação e Mídias Sociais da Sigu Marketing Digital, desenvolvendo interfaces gráficas e estratégias de comunicação integradas para internet e gestão de redes sociais. 

Comentários: