Afinal, o que é um funil de vendas e como funciona?

Afinal, o que é um funil de vendas e como funciona?

Afinal, o que é um funil de vendas e como funciona?

Se você estuda sobre marketing ou procura saber mais sobre as ferramentas disponíveis para aumentar as vendas da sua empresa, já deve ter se deparado com o conceito de funil de vendas. Mas, afinal, o que é funil de vendas e como utilizar essa ferramenta no seu negócio?

No post de hoje, vamos conhecer mais profundamente o funil de vendas e descobrir por que ele é uma peça-chave da estratégia de Inbound Marketing de tantas empresas no Brasil e no mundo. Para saber mais sobre o assunto, continue lendo!

Definindo o que é funil de vendas

O funil de vendas pode ser definido como um caminho não-linear que objetiva a atração e condução do público-alvo por um processo que o torna consumidor dos serviços ou produtos de uma empresa.

Esse caminho transforma o visitante de sua página em cliente, conduzindo-o por 4 estágios:

  • Visitante;
  • Lead;
  • Oportunidade;
  • Cliente.

O nome funil de vendas vem do formato abstrato desse conceito: a ideia é que o maior número possível de pessoas inicie sua trajetória como visitante, e que essa quantidade de público vá diminuindo e se afunilando conforme as conversões de estágio vão ocorrendo.

Assim, o caminho assume a forma de um funil ao ir “estreitando” e selecionando os visitantes mais adequados para se tornarem clientes.

O funil de vendas é a espinha dorsal das estratégias de Inbound Marketing atuais e classifica os tipos de produção de conteúdo em três níveis, todos conectados com os estágios da trajetória do cliente no funil:

  • Topo do Funil: vai atrair o público e torná-lo visitante, para posteriormente conduzi-lo até o estágio de lead;
  • Meio do Funil: vai nutrir a lead para convertê-la em uma oportunidade de venda;
  • Fundo do Funil: tem como objetivo converter a oportunidade em cliente.

Entendendo os estágios do funil

Para conseguir entender os estágios de um funil de vendas, precisamos entender um conceito muito importante primeiramente: apesar de ser um “caminho”, o funil não é necessariamente linear e nem todos os consumidores se comportam da mesma forma.

Um consumidor pode entrar no funil em uma determinada etapa e regredir antes de avançar para a seguinte, por exemplo. Da mesma forma, alguém que começou do início pode voltar algumas fases e depois pular outras.

Isso acontece porque todo o funil é projetado em torno da ideia de que o consumidor possui um problema que será solucionado pelo produto oferecido pela empresa. Acompanhe o tipo de conteúdo ideal para cada etapa do funil:

Visitante

Para atrair o consumidor e torná-lo um visitante regular da sua página de conteúdo (como um blog ou canal de Youtube), a empresa deve produzir conteúdo relevante, como vídeos ou artigos, que apresente os sintomas causados pelo problema que o produto oferecido deverá solucionar.

Lead

Para transformar esse visitante em lead, é preciso educá-lo de forma que ele perceba qual é a origem dos seus sintomas, ou seja, qual o seu verdadeiro problema. Oferecer materiais ricos – como e-books com artigos mais aprofundados sobre o tema – em troca de informações cadastrais, como o e-mail de seu visitante, é uma estratégia muito utilizada nessa conversão.

Oportunidade

O próximo passo é conduzir essa lead em oportunidade, permitindo que esse consumidor possa conhecer as diferentes soluções oferecidas pelo mercado para resolver seu problema. Nesse estágio, costuma-se produzir mais e-books, webinars, white papers e estudos de caso, apostando também no e-mail marketing para oferecê-los ao consumidor.

Cliente

Por fim, a oportunidade criada deve ser convertida em cliente. Nesse momento, o cliente decidiu pela solução oferecida por sua empresa e tem seu contato passado para o setor de vendas. Com toda a segmentação produzida pelas estratégias de marketing, a equipe de vendas terá melhores condições de trabalho e poderá fechar mais negócios para a empresa.

Agora que você já sabe o que é funil de vendas, que tal continuar aprofundando seus estudos sobre Inbound Marketing? Para receber mais artigos e materiais de qualidade diretamente na sua caixa de entrada, assine já a nossa newsletter!


Você sabia que a Sigu pode ajudar a sua empresa a ter mais e melhores resultados com a internet?

Solicite uma proposta



Autor:

O Pinguim é o mascote da Sigu Marketing Digital. Especialista em internet, sempre ligado nas tendências das mídias sociais e nas novidades do mundo do marketing digital.

Comentários: