4 Growth Hacks comprovados para a sua empresa CRESCER RÁPIDO no Marketing Digital

4 Growth Hacks comprovados para a sua empresa CRESCER RÁPIDO no Marketing Digital

4 Growth Hacks comprovados para a sua empresa CRESCER RÁPIDO no Marketing Digital

“Growth Hack” é um termo relativamente recente no marketing e diz respeito aos autodenominados “Hackers de crescimento” que  - apesar de ser um termo extremamente legal de se autoproclamar - nada mais são do que profissionais que dominam um conjunto de estratégias que ajudam o seu negócio crescer de maneira rápida e extremamente eficiente.  

Se você está no mercado e busca crescer rapidamente, então este post irá ajudá-lo com táticas comprovadas que te ajudarão mês a mês a crescer de forma consistente e acelerada.

1.    Construa conteúdo rico.

Se você possui um site ou pensa em ter um, tenha certeza do seguinte: você precisa coletar dados dos seus visitantes.

É muito bom ter um site bastante acessado e poder acompanhar esses acessos através do seu Google Analytics, mas mais importante ainda é transformar o público qualificado que acessa o seu site em dados que lhe permitam entrar em contato posteriormente.

Em outras palavras, você precisa transformar os seus acessos em vendas.

Jordan Lore, profissional de marketing da canadense Wishpond, afirma: “E-Mails são a porta de entrada das vendas”. Se você quer vender mais ou expandir a sua presença digital, não cometa o erro de ignorar o poder que uma boa base de e-mails pode trazer ao seu negócio.

Como isso pode me ajudar? Uma vez que você consegue o e-mail de seu público-alvo, isso lhe permite desenvolver uma relação direta com ele através de e-mails, que são definitivamente um dos canais de vendas que mais convertem hoje em dia.  

Ok. Como fazer para coletar estes e-mails?

Produzir Conteúdo rico é uma excelente forma de coletar dados de seus visitantes. A lógica é muito simples: Oferte algo realmente relevante ao seu público e peça em troca apenas o cadastro de um e-mail para o envio da mesma.

Exemplos de formatos de conteúdo rico que você adotar em sua empresa:

  •  Um Infográfico para download com dados relevantes sobre o mercado ou tema de interesse do seu público-alvo.
  •  Um e-book ou uma coletânea de posts de seu blog sobre um determinado assunto para download.
  •  Uma vídeo-aula ou um vídeo sobre qualquer assunto específico e interessante.
  •  Um White-paper sobre determinado assunto ou um estudo específico em PDF
  •  A inscrição para um webinar gratuito que você irá ofertar através do YouTube.
  •  Templates prontos para e-mail, landing pages, sites, etc.

     

e-book da Rock Content como Conteúdo Rico em troca de dados

 

Seu público certamente vai apreciar ter um conteúdo rico, bem trabalhado e gratuito sobre algo do interesse dele e dificilmente irá se incomodar em cadastrar seu e-mail para poder ter acesso a aquela oferta.

Você irá construir autoridade, estabelecer um gatilho mental de reciprocidade com seu público (quem oferta algo gratuitamente hoje, constrói uma sensação de dívida que pode ser convertida em uma venda futuramente) e ainda construir uma base de e-mails que poderá ser trabalhada de infinitas formas para o seu negócio.

Importante: Lembre-se sempre que o seu conteúdo ofertado deve realmente ser rico e relevante ao seu público. Não há uma melhor forma de irritar sua audiência, do que pedir o e-mail dela e entregar algo pobre e fora do ofertado, em retorno.

 

2. Tenha uma estratégia de Outreach.

Escrever conteúdo relevante em seu blog e aguardar o seu público chegar até você é definitivamente uma estratégia eficaz para o seu negócio. Mas se você quer acelerar seus resultados, você também precisará contar com uma estratégia de outreach para atingir seu público fora de seus canais de comunicação.

Blogger Outreach é uma estratégia de marketing digital muito utilizada no exterior, porém pouco disseminada no Brasil.

Trata-se de usar a autoridade de influenciadores-chaves em seu mercado para promover a sua empresa ou produto, de forma não invasiva e orgânica (ou seja, sem precisar pagar por posts ou fazer propaganda dentro dos seus canais).

Basicamente, trata-se de construir uma parceria de conteúdo com os “caciques” de seu mercado.

Vamos parar um pouco para fazer um breve exercício: Pegue uma caneta e um papel e formule uma lista de grupos, profissionais e sites influenciadores de conteúdo dentro de seu público-alvo. Pessoas que são autoridade em determinado assunto ou mercado e que são uma referência para o seu público.

Agora, imagine se essas pessoas ou sites lhe ajudassem a promover o seu produto.  Excelente, não?

Sempre que você escrever algum conteúdo em seu blog ou realizar alguma ação envolvendo o seu negócio, confira esta lista de influenciadores e garanta (ou faça o possível), para que você tenha os olhos deles conferindo o que você anda fazendo.

Algumas dicas para que você consiga isso:

  • Compartilhar conteúdo através das redes sociais, marcando e @mencionando as marcas e influenciadores em suas postagens.
  • Fazendo “Guest Posts”. Basicamente oferecendo-se para publicar conteúdo relevante nos blogs populares de seu mercado. Você pode tentar esse contato via e-mail, por exemplo.
  • Propondo “Colab” em canais do YouTube, fazendo Vídeos e Webinars junto com influenciadores de seu mercado - Você pode tentar esse contato via e-mail, por exemplo.
  • Compartilhando conteúdo em grupos do Facebook e LinkedIn dentro de seu nicho (sendo ativo e participativo com o público dos mesmos).
  • Comentando diretamente em fóruns, sites do mercado, canais do YouTube relacionados, através de comentários, dicas e respondendo dúvidas dos usuários.

Não se preocupe se essa estratégia a princípio obtiver muitas recusas dos influenciadores (ou nenhuma resposta). É natural que eles, pela posição que ocupam, recebam diversas propostas como essas diariamente (especialmente em alguns mercados). Continue insistindo.

A medida que a sua empresa for ganhando visibilidade e notoriedade – e seu conteúdo sem provar realmente relevante – o acesso começará a surgir e você começará a construir parcerias com os principais nomes de seu mercado.

Também é válido utilizar a mesma estratégia com influenciadores menores (blogs menores, grupos pequenos, etc), uma vez que são menos concorridos, mas possuem seu público e certamente apreciarão uma parceria de conteúdo com empresas do mercado. Linkbuilding relevante sempre é válido.

 

3. USE POP-UPS EM SEU SITE (é sério)!

Você deve estar se perguntando se eu perdi a cabeça, uma vez que os Pop-ups são um dos recursos de internet mais odiados em toda a webesfera, correto?

Diferente dos clássicos pop-ups de propaganda que infestavam a internet nos anos 90, Pop-ups de entrada, saída e rolagem aparecem dentro do próprio site (e não como uma janela externa), no formato de um LightBox e tem se tornado cada vez frequentes e importantes nos dias de hoje, uma vez que eles reagem a ações dos usuários dentro de sites.

Há inclusive uma teoria chamada “banner blindness” (cegueira de banner), afirmada por muitos nomes do marketing, que afirmam justamente que o público atualmente está tão acostumado com propagandas e Calls to Action, que mal os notam em sites.

Me responda com sinceridade: você realmente lê ou se lembra de enxergar os banners laterais que aparecem no Facebook, sempre que você acessa pelo desktop?

Pop-Ups reativos são importantes justamente por quebrar este “transe” e “popar” na tela do usuário quando ele menos espera.

Se você se recusar a usá-los por os considerar muito “inconvenientes”, então lamento informá-lo mas as chances de que seu público esteja entrando no seu site, consumindo seu conteúdo gratuitamente e saindo sem deixar nenhuma interação ou dado são enormes.

Há chances muito grandes de que todos os seus banners, botões de cadastro na lateral, rodapé ou topo do site estão sendo ignorados e seu público não te entregará nenhum dado durante o seu acesso. Afinal, não há nenhuma maneira de você garantir que os seus visitantes irão lhe confiar seu e-mail ou fazer alguma compra em seu site, se você não tornar extremamente claro para eles, como e porque eles deveriam fazer isso.

Caso você esteja convencido em ao menos fazer um teste nesta estratégia, existem quatro formatos de Pop-Ups reativos atualmente muito utilizados em sites (evidentemente, não use os quatro de uma só vez):

  • Pop-Up de Entrada: Aparece logo quando o visitante entra em seu site. Pop-Ups de entrada podem ser utilizados para oferecer um cupom de desconto na primeira compra. Você também pode usar esse pop-up para informar o visitante sobre um novo produto, uma nova oferta ou outra novidade em seu site.

  • Timed Pop-up: Quase uma "bomba-relógio”. Aparece apenas após o visitante estar acessando determinada página após um certo tempo -  garantindo que apenas visitantes que estão interessados no conteúdo daquela página vejam o mesmo.

    Exemplo: Se o seu visitante estiver lendo a postagem de seu blog por pelo menos 30 segundos, um pop-up oferecendo um E-Book sobre aquele tema irá aparecer na tela.

  • Pop-up de rolagem: Aparece após o usuário ter rolado a página até um determinado ponto. Pode ser usado da mesma forma que o Timed Pop-Up, mas com a precisão de que o leitor tenha visto alguma informação específica antes.

  • Pop-Up de Saída: Último apelo. Quando o usuário está movendo o cursor até o “x” de fechar a aba, um pop-up aparece para salvar o dia:

    “ESPERE! Aproveite agora o desconto que estamos lhe oferecendo no produto X, clique aqui para saber mais”.


exemplo de pop-up de saída

 

Ou seja, o uso inteligente de pop-ups garante que seu usuário veja uma oferta relevante e deixe seus dados de acesso. Diferente dos nefastos pop-ups dos anos 90, onde você acessava um fórum de informática e 30 janelas abriam com ofertas de roupas, comida, cursos de esoterismo e sites pornográficos, hoje os pop-ups reativos agem de forma muito mais relevante ao seu público, evitando o “banner blindness” e garantindo que você transforme seus acessos em e-mails para o seu banco de dados.

 

4. Landing Pages dedicadas

Se você ainda não sabe o motivo de você parar tudo o que está fazendo agora e começar a trabalhar com Landing Pages, recomendo urgentemente que você clique neste link que irá mudar completamente como você enxerga o marketing digital da sua empresa.

Dito isto, importante lembrar que se você deseja ter o máximo de ROI em seus esforços de marketing, você precisa direcionar todo o seu tráfego pago para landing pages de captura de dados.

Landing Pages são páginas objetivas, que convertem 80% a mais que websites porque tem um único objetivo: Conversão.

Já o seu site oferece uma gama de opções para os visitantes, como saber mais sobre a empresa, serviços, clientes, portifólio, depoimentos, blog, comprar produtos, entrar em contato, enviar curriculum, conhecer a equipe, etc... trazendo muito mais distrações ao visitante.

Uma Landing Page converte até 80% mais do que um site, porque corta todas as distrações e foca em apenas um único assunto, por exemplo: A entrega de um e-book através de cadastro; A oferta de um carro novo; Um desconto em um determinado serviço ou produto de sua empresa.

Isto irá resultar em uma alta taxa de conversão para todo o tráfego direcionado para esta landing page e quanto mais visitantes você conseguir converter (capturar dados de e-mail e contato), maior será a sua audiência a longo prazo para converter em vendas.

Mas sério, se você ainda não usa Landing Pages em seu negócio, veja agora um guia sobre como vender MUITO mais em sua empresa, adotando esta estratégia valiosa.

 

Agora que você sabe tudo isso, coloque em prática!

Growth Hacks são estratégias que lhe garantem um crescimento rápido e efetivo de sua empresa, mas não significam que são fáceis e simples de serem implementadas e mantidas.

Como todo sucesso, ele deve ser obtido com planejamento e esforço de sua equipe de marketing. Growth Hacks de Marketing Digital lhe ajudam a direcionar estes esforços de maneira comprovada e objetiva, mas trata-se de um processo que envolve expertise e profissionalismo de quem for executar estas estratégias.

Centenas de empresas confiam nestas estratégias mundo afora para atingir seus KPIs e atingir seus objetivos.

As quatro estratégias de crescimento rápido que nós recomendados neste post, foram:

  • Uso de Material Rico

  • Estratégia de Outreach
     
  • Pop-Ups Reativos

  • Landing Pages
     

Se você precisa construir um banco de dados de possíveis leads para a sua empresa, essas são excelentes formas de converter e crescer esses números rapidamente.

Ficou alguma dúvida ou tem alguma estratégia que gostaria de compartilhar conosco? Manda nos comentários e vamos continuar esta conversa!


Você sabia que a Sigu pode ajudar a sua empresa a ter mais e melhores resultados com a internet?

Solicite uma proposta



Autor:

Atua na área de Design, voltada para publicidade e marketing desde 2005, tendo seu foco voltado nos 6 últimos anos para a área de Internet, Websites e mídias sociais. Sócio e Diretor de Criação e Mídias Sociais da Sigu Marketing Digital, desenvolvendo interfaces gráficas e estratégias de comunicação integradas para internet e gestão de redes sociais. 

Comentários: